Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/960
Title: Em busca das perceções da relevância do corpo docente na administração e gestão das escolas públicas em Portugal.
Authors: Rodrigues, João Pedro dos Santos Martins Pereira
Keywords: Administração e Gestão Escolares
Professores
Participação
Burocracia
Centralismo
Falta de autonomia
Influência
School Administration and Management
Teachers
Participation
Bureaucracy
Centralization
Lack of autonomy
Influence
Dissatisfaction
TME (Administração e Gestão da Educação)
Issue Date: May-2013
Publisher: Universidade Portucalense
Citation: Rodrigues, J.P.S.M.P. (2013). Em busca das perceções da relevância do corpo docente na administração e gestão das escolas públicas em Portugal. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal.
Abstract: Antes de 25 de abril de 1974, havia, em Portugal, um excessivo centralismo burocrático e um forte controlo que não permitiam a autonomia dos estabelecimentos de ensino. Por isso, os professores, o pessoal não docente e os alunos não participavam na tomada de decisões relativas à administração e à gestão escolares. Após um período de autogestão das escolas portuguesas, imediatamente a seguir à queda da ditadura, ocorrida naquela data, foram publicados sucessivos normativos para regulamentar a administração e a gestão escolares. No entanto, à medida que iam surgindo os novos modelos, parecia manifestar-se, entre os docentes, o sentimento de que a sua participação nas tomadas de decisão ia sendo cada vez menor. Persistiam o excesso de burocracia, o centralismo e a falta de autonomia. Para se conhecer a perceção dos professores, no que respeita à sua influência na governação das escolas, através das sucessivas reformas dos modelos de gestão e administração escolares, realizou-se uma investigação que se baseou nas opiniões de doze docentes, recolhidas através do inquérito por entrevista, apoiado pelo guião da entrevista, e da observação não estruturada. A análise dos dados obtidos, de cariz quantitativo, veio confirmar que o clima que se vive, hoje, nos estabelecimentos de ensino, não é o melhor e que é manifesta a insatisfação dos professores relativa à sua participação na vida da escola.
Before April 25, 1974, there was in Portugal, an excessive bureaucratic centralism and a strong control that did not allow the autonomy of schools. Therefore, teachers, non-teaching staff and the students did not participate in making decisions relating to the school administration and management. After a period of self-management of Portuguese schools, immediately following the fall of the dictatorship, which took place on that date, successive norms to regulate the schools administration and management were published. However, as the new models were emerging, it seemed that the teachers felt that their participation in decision-making was increasingly smaller. Excessive bureaucracy, centralism and lack of autonomy persisted. To know the perception of teachers with regard to their influence on the governance of schools through successive reforms of the models of school management and administration, an investigation was performed that was based on the opinions of twelve teachers, gathered through the inquiry by interview, supported by the interview guide, and unstructured observation. The data quantitative analysis confirmed that the situation that we live today in schools, is not the best and the teachers dissatisfaction concerning their participation in the life of the school is evident.
Description: Dissertação de Mestrado em Administração e Gestão da Educação.
URI: http://hdl.handle.net/11328/960
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 522.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.