Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/932
Title: A mudança na escola, nos professores e o mal-estar.
Authors: Santos, José Maria Geraldes
Keywords: Paradigma
Mudança
Inovação
Programa TEIP2
Profissionalidade docente
Avaliação docente
Mal-estar docente
Bem-estar docente
Stress
Paradigm
Change
Innovation
School
Teacher professionalism
Teacher assessment
Teacher discontent
Issue Date: Feb-2013
Publisher: Universidade Portucalense
Citation: Santos, J.M.G. (2013). A mudança na escola, nos professores e o mal-estar. Dissertação de Mestrado em Administração e Gestão da Educação.
Abstract: Os sistemas educativos, um pouco por todo o mundo, atravessam situações de crise. Questiona-se, cada vez mais, a escola e o papel do professor, e os governos impulsionam transformações legislativas para tentarem dar resposta aos problemas detetados. Esta dissertação aspira identificar em que medida os efeitos das mudanças nas escolas e nos professores provocam mal-estar e stress nos docentes. Esta tese divide-se em duas partes, com as respetivas vertentes metodológicas. A primeira parte, ou parte teórica, baseia-se na pesquisa documental e bibliográfica assente em quatro temáticas: o paradigma emergente e os professores; a escola como organização fulcral; a profissionalidade docente; a avaliação dos professores em tempos de mudança e o mal-estar e stress dos professores. Na segunda parte apresentamos o estudo empírico realizado com oitenta professores de uma escola de 3ºciclo e ensino secundário numa escola do Vila Nova de Gaia. Pretendeu-se saber, através das questões propostas num inquérito, os níveis de satisfação dos professores com a escola onde lecionavam e com o desempenho da sua profissão, e os níveis de esforço emocional despendido e de stress sentido. Contrariamente aos resultados de estudos nacionais e internacionais, que encontraram a profissão docente associada a altos níveis de stress, os resultados deste estudo demonstram que os professores participantes neste estudo, apesar de exporem algumas áreas de insatisfação, caso da progressão na carreira, remuneração e autorrealização, enunciam, na globalidade níveis altos de satisfação indicativos de bem- estar.
Educational systems throughout the world are in a state of crisis. Increasingly the roles of school and teachers are being put in question, while governments attempt to promote solutions and bring about improvements through legislation. This dissertation attempts to identify the extent to which the effects of the changes thus implemented cause discontent and stress in teachers. The dissertation is divided into two parts, each with its respective methodology. The first part is theoretical, grounded in a literature review of the subject under study and based on four themes: The emerging paradigms and the teachers; the school as an organization; professionalism in times of change, and teacher distress. The second part sets out the empirical study which was conducted with the participation of eighty teachers at a secondary school in Vila Nova de Gaia. Through a questionnaire, the study aimed at investigating levels of teacher satisfaction with the school and performance of their professional duties, plus levels of experienced emotional effort and stress. The findings were in contrast to those of similar national and international studies that reported high levels of stress among teachers. Although this study revealed areas of dissatisfaction over issues such as career outlook, salary and self-actualization, on the whole findings suggested high levels of satisfaction and well-being.
URI: http://hdl.handle.net/11328/932
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 528.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.