Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/72
Title: A supervisão pedagógica na dinâmica da prática reflexiva e os novos modelos de aprendizagem.
Authors: Silvestre, Paula Alexandra de Bessa
Keywords: Supervisão pedagógica
Autonomia
Reflexão
TME
Issue Date: 2011
Citation: Silvestre, P.A.B. (2011). A supervisão pedagógica na dinâmica da prática reflexiva e os novos modelos de aprendizagem. Dissertação de Mestrado em Supervisão e Coordenação da Educação.
Abstract: É na formação inicial que se devem lançar os alicerces que permitam reconhecer a autonomia como uma característica central do trabalho docente e a prática da reflexão como a ferramenta que promove o desenvolvimento e a melhoria das práticas profissionais. O presente trabalho pretende evidenciar que o exercício da supervisão na orientação educativa necessita de privilegiar a promoção da autonomia do aluno/professor e o desenvolvimento profissional de natureza reflexiva, o que implica uma redefinição do papel do supervisor. Ao propor um enquadramento comum à supervisão, à formação e ao ensino/aprendizagem assente em ideais de uma sociedade democrática e humanista, com finalidades de desenvolvimento da reflexão crítica, de emancipação dos sujeitos, o papel do supervisor não poderá mais ser perspectivado como transmissivo. Estamos convictos de que em educação não há métodos, nem modelos únicos, exclusivos e infalíveis e que só uma permanente prática de questionamento e discussão pode garantir a hipótese de tentar encontrar a melhor solução para cada problema da vida profissional docente. It is in the initial training which should lay the foundation for recognizing autonomy as a central feature of teaching and practice of reflection as a tool that promotes the development and improvement of professional practices. This paper aims to highlight that the exercise of supervision on educational guidance needs to focus the promotion of the learner autonomy and the teacher professional development of reflective nature, which implies a redefinition of the supervisor is role. Proposing a common framework for the supervision, training and teaching / learning based on ideals of a democratic and humanist society, with purposes of development of critical reflection, of emancipation of the subjects, the supervisor´s role can no longer be viewed as transmissive. We believe that in education there are no methods or unique models, exclusive and infallible and that only a permanent practice of questioning and discussion can guarantee the possibility of trying to find the best solution for every problem of the professional teaching life.
URI: http://hdl.handle.net/11328/72
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 462.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.