Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/639
Title: Trabalho colaborativo docente no ensino das ciências: um estudo de caso.
Authors: Nogueira, Paula Gabriela Santos Silva Borges
Keywords: Trabalho docente
Colaboração docente
Ensino das ciências
Teachers work
Teacher collaboration
Science teaching
TME
Issue Date: Jun-2013
Citation: Nogueira, P.G.S.S.B. (2013). Trabalho colaborativo docente no ensino das ciências: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado em Supervisão e Coordenação da Educação.
Abstract: Um dos principais objetivos da escola do século XXI é desenvolver nos alunos hábitos de problematização, de reflexão e de pesquisa, por forma a que, detentores de uma literacia científica sejam cidadãos interventivos, capazes de participar e tomar decisões fundamentadas. A concretização desse objetivo passa, em nosso entender, por um ensino mais integrado e holístico, pressupondo um trabalho docente sustentado por uma cultura colaborativa, capaz de conduzir o professor, através de práticas reflexivas e investigadoras da sua profissionalidade, para além da sua competência científica. Com o intuito de encontrar respostas para o problema de investigação formulado “Quais as dinâmicas de trabalho estabelecidas entre professores de ciências em contexto de departamento curricular?” traçámos os seguintes objetivos de investigação: i) identificar conceções de professores de Ciências Físicas e Naturais, do terceiro ciclo e secundário, sobre o conceito de colaboração docente, ii) caracterizar dinâmicas de trabalho docente que os professores participantes no estudo afirmam desenvolver a nível de departamento curricular no geral e de área disciplinar em particular e iii) averiguar possíveis fatores potenciadores e inibidores de uma cultura de trabalho colaborativo docente no ensino das Ciências. A metodologia de investigação adotada é o estudo de caso, sendo o departamento curricular de Matemática e Ciências Experimentais de uma escola secundária com terceiro ciclo na região do grande Porto, o caso estudado. A recolha de dados ocorreu durante o ano letivo 2011/2012, tendo o inquérito por questionário, o inquérito por entrevista do tipo semiestruturada e a análise documental sido as principais técnicas de recolha de dados. Resultados deste estudo sugerem relações de colaboração docente superficiais, imperando formas de trabalho docente marcadamente individualistas. Embora sejam reconhecidas pelos professores respondentes mais-valias ao trabalho colaborativo capazes de conduzir a um melhor desempenho docente, também apontam impedimentos à sua prática. Assim, os vestígios de trabalho colaborativo docente são limitados a pequenos grupos de professores que lecionam a mesma disciplina e o mesmo ano de escolaridade e, cujo conceito de colaboração assenta essencialmente na partilha e troca de materiais didático-pedagógico, e na repartição de experiências e estratégias. One of the main goals of the 21st century school is to develop in students, habits of questioning, reflection and research, so that holders of scientific literacy become interventional citizens, able to participate and make informed decisions. This objective, in our view, can be achieved through a more integrated and holistic education, assuming that teaching is supported by a collaborative culture, able to drive the teacher through reflective practices and researchers about its professionalism, in addition to their scientific competence. In order to find answers to the research formulated problem, "Which are the work dynamics established between science teachers in the context of curriculum department?", we worked on the following research objectives: i) identify conceptions from Physical and Natural Sciences teachers, of third cycle and secondary education, regarding the concept of teacher collaboration, ii) characterize the dynamics of teaching, that the teachers participating in the study affirm to develop at curriculum department in general and in particular subject area levels, and iii) investigate possible factors enhancers and inhibitors to a culture of teacher collaboration in science teaching. The research methodology adopted is the case study, with curriculum department of the Mathematics and Experimental Sciences School with a third cycle in the Oporto area, being the studied case. The data collection occurred during the school year of 2011/2012, having the main data collection techniques been the questionnaire survey, the semi-structured interview survey and the document analysis. Results on this study suggest superficial teacher collaboration relationships, reigning forms of markedly individualistic teaching. Although the teachers recognized the benefits of collaborative work, able to lead to better teacher performance, they also pointed impediments to its practice. Thus, traces of collaborative work are limited to small groups of teachers who teach the same subject and the same grade, and whose concept of collaboration is essentially based on the sharing and the exchange of didactic-pedagogic material, and also the sharing of experiences and strategies.
URI: http://hdl.handle.net/11328/639
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 502.pdf4.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.