Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/622
Title: A América portuguesa vista de Mato Grosso: os diálogos de José Barbosa de Sá (2ª metade do século XVIII).
Authors: Guimarães, Maria Gabriela de Araújo
Keywords: Mato Grosso (Brasil)
José Barbosa de Sá
Cuiabá (Brasil)
Issue Date: Feb-2013
Citation: Guimarães, M.G.A. (2013) A América portuguesa vista de Mato Grosso: os diálogos de José Barbosa de Sá (2ª metade do século XVIII). Dissertação de Mestrado em História Ibero-Americana.
Abstract: O estudo, que agora se apresenta, resulta da leitura e transcrição de um longo manuscrito conservado na Biblioteca Pública Municipal do Porto e que pertenceu à família dos viscondes de Balsemão. É uma cópia do século XIX, como se afirma no catálogo de manuscritos dessa biblioteca. Isso não invalida o seu valor documental, mesmo não podendo nós compará-lo com o original. Ele consiste numa descrição longa, diríamos quase exaustiva, de uma larguíssima extensão do interior do Brasil, cujos limites exatos se desconheciam e à qual o autor chamou- e bem- Mato Grosso, que é possível hoje identificar com segurança. Que se saiba, até agora ninguém o estudou com o pormenor que ele, a nosso ver, merece. Foi a essa árdua tarefa que nos dedicamos há anos. Agora apresentamos ao leitor os resultados desse trabalho. O interesse do seu conteúdo assume uma dupla vertente: mostrar ao leitor, por um lado, o que era possível, em finais do século XVIII, saber sobre o interesse do Brasil e sobre o seu percurso histórico desde 1500 e, por outro, sobre o seu autor, sua cultura e sua mundividência, visto tratar-se de uma figura respeitadíssima na tradição histórica mato-grossense. A cadeira nº 1 da Academia de História do Mato Grosso (em Cuiabá) leva o seu nome, em homenagem ao pioneiro da descrição do interior desse imenso território, onde aparecera ouro em quantidade (desde 1717) e, por isso mesmo, devassado sistematicamente por bandeirantes, sobretudo paulistas. A leitura completa deste texto mostrará o que se sabia, ou se imaginava conhecer sobre a terra, as gentes, a flora, a fauna e as enormíssimas possibilidades de aproveitamento político e económico dessa terra tão desconhecida quanto fascinante. The hereby work is the result of the reading and transcript of a long manuscript kept in the Biblioteca Pública Municipal do Porto and which belonged to the viscounts of Balsemão. It is a copy of the nineteenth century as stated in the catalog of the manuscript of that same library. Not being able to compare it with the original document that does not invalidate its value. It is a long description, we would say almost exhaustive, of a huge territory of the interior of Brazil, whose exact boundaries were unknown and to which the author called- and well-Mato Grosso, an area which today is possible to identify with certainty. What is known so far is that no one has studied it in detail as it deserved to be. It was at this arduous task that we have been devoting ourselves for years. Now we present the reader with the results of this work. The interest of its content assumes two aspects: on one hand, to show the reader what was possible to know, in the late eighteenth century, about the interest of Brazil and its historical course since 1500, and, about its author, his culture and worldview, since it is a highly respected figure in the historical tradition of Mato Grosso on the other hand. The Chair nr. 1 of the Academy of History of Mato Grosso (Cuiabá) takes his name in honour to his pioneering description of the interior of this vast territory, where gold appeared in quantity (since 1717) and, therefore, systematically invaded by “bandeirantes”, particularly by “paulistas”. A thorough reading of this text will show what was known, or thought to be known about the land, the people, the flora, the fauna and the huge potential use of political and economic advantage of such unknown and fascinating territory.
URI: http://hdl.handle.net/11328/622
ISSN: Cota: TMH 61
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMH 61.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.