Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/4589
Title: Impacto das práticas parentais maternas e paternas na motivação de pré-adolescentes: papel mediador da regulação emocional
Authors: Conde, Ana, orientador científico
Pereira, Telma Filipa Leite
Keywords: Teoria da autodeterminação
Motivação
Práticas parentais
Regulação emocional
Pré-adolescência
Issue Date: 16-Dec-2022
Citation: Pereira, T. F. L. (2022). Impacto das práticas parentais maternas e paternas na motivação de pré-adolescentes: papel mediador da regulação emocional [Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde, Universidade Portucalense]. Repositório Institucional UPT. http://hdl.handle.net/11328/4589
Abstract: O presente estudo fundamenta-se na Teoria da Autodeterminação de Deci e Ryan (1985). Esta teoria postula que a motivação varia segundo um continuum entre a amotivação e a motivação intrínseca, às quais correspondem formas de regulação menos ou mais autode- terminadas, respetivamente (Ryan & Deci, 2017). A investigação procurou explorar o impacto mediador da regulação emocional dos pré-adolescentes na relação entre as práticas parentais e a motivação destes, analisando este efeito de forma independente para as prá- ticas parentais maternas e paternas. A amostra foi constituída por 97 pré-adolescentes, com idades compreendidas entre os 10 a 12 anos de idade, sendo 50.5% do sexo feminino. Estes responderam a um protocolo de investigação constituído por um questionário socio- demográfico e três questionários de autorrelato cujo objetivo foi avaliar a motivação, a re- gulação emocional e as perceções acerca das práticas parentais da mãe e do pai. Os re- sultados desta investigação demonstraram que as práticas parentais influenciam a orienta- ção motivacional do pré-adolescente, através do impacto têm na regulação emocional do mesmo. De forma particular, a regulação emocional do pré-adolescente, nomeadamente a sua autoconsciência emocional, mostrou mediar a relação entre as práticas parentais (i.e., suporte emocional materno e rejeição paterna) e a amotivação dos pré-adolescentes. Estas evidências dão pistas para a intervenção na motivação dos pré-adolescentes, a qual pode ser conseguida quer através da promoção de práticas parentais de suporte emocional e prevenção de práticas parentais de rejeitantes, quer através da promoção, junto dos préadolescentes, de estratégias de regulação emocional, particularmente na autoconsciência emocional.
The present study is based on the Theory of Self-Determination of Deci and Ryan (1985). This theory postulates that motivation varies according to a continuum between of non-motivation and intrinsic motivation, which correspond to less or more self-determined forms of regulation, respectively (Ryan & Deci, 2017). The investigation sought to explore the mediating impact of the emotional regulation of pre-adolescents in the relationship between parental practices and their motivation, analyzing this effect independently for maternal and paternal parental prac- tices. The sample consisted of 97 pre-adolescents, aged between 10 and 12 years old, 50.5% of them female. They answered an investigation protocol consisting of a sociodemographic questionnaire and three self-reported questionnaires. The goal was to evaluate motivation, emotional regulation, and perceptions about the parental practices of the mother and father. The results of this research showed that parental practices influence the motivational orienta- tion of the pre-adolescent, through the impact they have on their emotional regulation. In par- ticular, the emotional regulation of pre-adolescents, namely their emotional self-awareness, showed mediating the relationship between parental practices (i.e., maternal emotional sup- port and paternal rejection) and non-motivation of pre-adolescents. This evidence gives clues to the intervention in the motivation of pre-adolescents, which can be achieved through the promotion of parental practices of emotional support and prevention of parental practices of rejectors. And also through the promotion, among pre-adolescents, of emotional regulation strategies, particularly in emotional self-awareness.
URI: http://hdl.handle.net/11328/4589
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
exemplar_2437.pdf1.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.