Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/4469
Title: Processos cognitivos visuoespaciais e ambiente visual circundante: implicações educacionais
Authors: Rodrigues, Pedro F. S.
Keywords: Atenção seletiva
Inibição
Memória de trabalho
Aprendizagem
Ambiente visual circundante
Validade ecológica
Issue Date: Mar-2016
Publisher: Universidade de Brasília
Citation: Rodrigues, P. F. S. (2016). Processos cognitivos visuoespaciais e ambiente visual circundante: implicações educacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 32(4), 1-10. https://doi.org/10.1590/0102.3772e3244. Repositório Institucional UPT. http://hdl.handle.net/11328/4469
Abstract: Nesta revisão de literatura, abordamos a importância da atenção seletiva, da inibição e da memória de trabalho na aprendizagem das crianças. Começamos por apresentar as suas definições e principais mecanismos funcionais. Apresentamos igualmente conclusões de vários estudos que abordam a importância desses processos, sobretudo em tarefas visuoespaciais. Finalmente, abordamos o papel que o ambiente visual circundante desempenha na aprendizagem, chamando a atenção para uma lacuna que se verifica em grande parte dos estudos: a sua pouca validade ecológica. É também defendido que o ambiente visual externo deve ser considerado nos modelos explicativos dos processos cognitivos básicos. Conclui-se o trabalho alertando para a necessidade de se estudar de forma mais sistemática a relação entre estes dois elementos (cognição e ambiente). ABSTRACT-This literature review focuses on the importance of selective attention, inhibition and working memory in children's learning. We start by presenting the definition and functional mechanisms of these cognitive processes. We then present the main results of several studies that report the importance of these processes, particularly in visuospatial tasks. We also discuss the role of the visual surrounding environment in learning, particularly with respect to an existing gap in most studies: Their low ecological validity. We argue for the importance of considering the visual external environment when trying to explain performance in basic cognitive processes. Finally, we stress the need for more empirical studies exploring in a systematic way the relation between these two elements (cognition and environment).
URI: http://hdl.handle.net/11328/4469
ISSN: 1806-3446 (Online)
0102-3772 (Print)
Appears in Collections:INPP - Artigos em Revistas Internacionais / Papers in International Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PCV-E_2016.pdf353.7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.