Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/3874
Title: Territórios vinhateiros e o seu potencial para o enoturismo: a análise de recursos como ponto de partida no âmbito do projeto TWINE
Authors: Kastenholz, Elisabeth
Salvado, Josefina
Albuquerque, Helena
Simões, Orlando
Keywords: TWINE
Enoturismo
Territórios vinhateiros
Rota da Bairrada
Issue Date: 2020
Publisher: EDUCS
Citation: Kastenholz, E., Salvado, J. O., Albuquerque, H., & Simões, O. (2020). Territórios vinhateiros e o seu potencial para o enoturismo: a análise de recursos como ponto de partida no âmbito do projeto TWINE. In P. A. B. César, C. H. Henriques, V. B. M. Herédia, L. Varela & M. Santos (Orgs.), Gastronomia e vinhos [recurso eletrônico]: contributos para o desenvolvimento sustentável do turismo: estudos de caso: Brasil e Portugal (pp. 225-250). Caxias do Sul, RS: Educs. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/3874
Abstract: O crescente interesse do mercado em atividades de enoturismo tem chamado cada vez mais a atenção, tanto dos atores económicos e políticos dos territórios vitivinícolas como das respetivas comunidades, na procura de rumos próprios e sustentáveis de desenvolvimento. Contudo, a aposta no enoturismo – de grande interesse tanto no setor do turismo como do vinho – requer a dinamização de uma multiplicidade de recursos materiais e imateriais do território e das suas gentes, sendo fundamental selecionar aqueles recursos com maior potencial, valor apelativo e distintivo, perante um mercado cada vez mais exigente. Importa igualmente compreender como estes recursos poderão integrar-se numa experiência holística, não apenas de serviços enoturísticos isolados, mas de paisagens, de cultura, história, tradições, símbolos, interações e relações, capazes de suscitar emoções, envolvimento, criar memórias e apego ao lugar, ao seu povo e aos seus produtos, incluindo o vinho. É neste contexto que se propõem aqui ferramentas de identificação e avaliação de recursos para territórios vitivinícolas, que permitam o diagnóstico do seu potencial como destinos apelativos e competitivos de enoturismo. Apresenta-se ainda a perspetiva de análise do projeto TWINE, no âmbito do qual a utilidade destas ferramentas será ilustrada com dados recolhidos na Rota da Bairrada.
The growing interest of the market in wine tourism activities has increasingly attracted the attention, both of the economic and political actors of wine-growing territories and of the respective communities, in the search for their own and sustainable development directions. However, the bet on wine tourism – of great interest in both the tourism and the wine sector – requires the promotion of a multiplicity of material and immaterial resources of the territory and its people, being essential to select those resources that show greatest potential, appeal and distinctive value, from the perspective of an increasingly demanding market. It is also important to understand how these resources can be integrated into a holistic experience, not only of isolated wine tourism services, but of landscapes, culture, history, traditions, symbols, interactions and relationships, an experience capable of arousing emotions, involvement, creating memories and attachment to place, its people and its products, including wine. It is in this context that tools for identifying and evaluating resources for wine-growing territories are proposed here, permitting the diagnosis of these territories’ potential as appealing and competitive wine tourism destinations. It also presents the perspective of analysis of the TWINE project, with the usefulness of these tools will be illustrated with data collected in the Rota da Bairrada.
URI: http://hdl.handle.net/11328/3874
ISBN: 978-65-5807-020-7
Appears in Collections:REMIT - Capítulos de Livros / Book Chapters

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Capitulo_14.pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.