Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/3370
Title: Novo modelo de estabelecimento prisional brasileiro e seus avanços na reintegração do indivíduo à sociedade sob a égide do sistema APAC – Associação de Proteção e Assistência aos Condenados
Authors: Alfaiate, Ana Rita, orientador científico
Carvalho, Adriene Assunção Luiz de
Keywords: Reintegração
Dignidade humana
Superlotação
Reincidência
Método APAC.
Issue Date: 8-Feb-2021
Citation: Carvalho, A. A. L. (2021). Novo modelo de estabelecimento prisional brasileiro e seus avanços na reintegração do indivíduo à sociedade sob a égide do sistema APAC – Associação de Proteção e Assistência aos Condenados. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/3370
Abstract: Vivemos durante anos e anos uma triste realidade histórica no cenário do recluso brasileiro, onde a pretensão da pena era apenas castigar o condenado, rejeitando-o da sociedade. Sem qualquer interesse nas razões para a prática do crime ou na tentativa de ressocializar o recluso, o ócio no cumprimento da pena é um catalisador para uma formação avançada na escola do crime. Afalta de suporte familiar e acompanhamento psicológico facilita e acelera este processo, sendo registo disso o facto de o Brasil ocupar 16º lugar como o mais violento do mundo1 Por estes motivos em 1972 Mário Ottoboni iniciou um trabalho de humanização e evangelização dos reclusos, e assim surgiu a primeira sigla APAC (Amando o Próximo Amarás a Cristo). O projeto sofreu uma transformação, tornando-se APAC (Associação de proteção e assistência aos condenados), uma entidade civil de direito privado com personalidade jurídica própria com finalidade de recuperar e reintegrar os condenados com penas privativas de liberdade. O estudo proposto tem inicialmente foco principal no modelo vigente do sistema prisional no Brasil, propondo uma leitura atualizada no modelo tradicional penitenciário e ao mesmo tempo reconhecer que APAC é capaz de redimensionar o modelo punitivo, com potencial interesse de outros países, devido à sua forma eficaz de ressocialização.
URI: http://hdl.handle.net/11328/3370
Appears in Collections:IJP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
exemplar_1629.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.