Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/3258
Title: Relações avós-netos: o papel da grâ-parentalidade no bem-estar psicológico dos avós
Authors: Miguel, Isabel, orientador científico
Araújo, Alexandra M., orientador científico
Silva, Bruna Patrícia da
Keywords: Grã-parentalidade
Bem-estar psicológico
Netos/as (pré)adolescentes
Issue Date: 3-Dec-2020
Citation: Silva, B. P. (2020). Relações avós-netos: o papel da grâ-parentalidade no bem-estar psicológico dos avós. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/3258
Abstract: Devido às modificações significativas que têm ocorrido nas famílias, cada vez mais os avós têm assumido o papel de cuidadores dos netos. Assim, reveste particular importância o estudo da grã-parentalidade e dos seus efeitos. O presente estudo tem como objetivos caracterizar o exercício da grã-parentalidade numa amostra de avós portugueses com, pelos menos, um/a neto/a com idade entre os 10 e os 16 anos, bem como avaliar a influência do exercício da grã-parentalidade no bem-estar psicológico dos avós. Para realizar este estudo empírico, recorreu-se a um protocolo de investigação composto por um questionário sociodemográfico, com questões de caracterização dos cuidados prestados pelos/as avôs/avós aos seus netos, e por escalas validadas para a população portuguesa que permitem aferir os significados da grã-parentalidade, os indiciadores do bem-estar e a satisfação com a vida. A recolha de dados realizou-se através da distribuição bola de neve. Responderam aos questionários 105 avós residentes na zona norte de Portugal, com uma idade média de 66.60 anos (DP = 8.13) e netos/as com uma média de idades de 12.84 anos (DP = 2.10). Verificou-se que a compreensão mútua, vínculo ao passado e a dimensão cuidador estão associadas a níveis mais elevados de bem-estar psicológico nos avós, apesar do papel de compreensão mútua se encontrar também associada a níveis elevados de ansiedade e stress nos avós. Globalmente, os resultados evidenciam que a relação avós-netos é benéfica para o bem-estar psicológico dos avós. São discutidos estes resultados e as suas respetivas implicações.
Due to the significant changes that have occurred in families, more and more grandmothers have taken on the role of grandchildren's caregivers. Thus, the study of great parenting and its effects is of particular importance. The present study aims to characterize the practice of great parenting in a sample of Portuguese grandparents with at least one grandchild aged between 10 and 16 years old, as well as to evaluate the influence of the practice of great parenting grandparents' psychological well-being. In order to carry out this empirical study, an investigation protocol was used, consisting of a sociodemographic questionnaire, with questions of characterization of the care provided by grandparents to their grandchildren, and by validated scales for the Portuguese population that allow to assess the meanings of great parenting, the indicators of wellbeing and satisfaction with life. Data collection was carried out through snowball distribution, having been answered, to the set of questionnaires, 105 grandparents living in the north of Portugal, with an average age of 66.60 years (DP = 8.13), and grandchildren with an average age of 12.84 years (DP = 2.10). It was found that mutual understanding, link to the past and the caregiver dimension are associated with higher levels of psychological well-being in grandparents, although the role of mutual understanding is also associated with high levels of anxiety and stress in grandparents. Overall, the results show that the grandparent-grandchildren relationship is beneficial for the grandparents' psychological well-being. These results and their respective implications are discussed.
URI: http://hdl.handle.net/11328/3258
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
exemplar_1743.pdf676.51 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.