Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/3
Title: Moodle e supervisão: uma estratégia para melhorar as aulas de substituição de física e quimíca. 
Authors: Silva, Natália Maria Brochado Tavares da
Keywords: Supervisão da educação
Físico-química
E-learning
Tecnologias de informação e comunicação
Moodle
TME
Issue Date: 2007
Citation: Silva, N. M. B. T. (2007). Moodle e supervisão: uma estratégia para melhorar as aulas de substituição de física e quimíca. Dissertação de Mestrado em Supervisão e Coordenação da Educação.
Abstract: A dissertação "Moodle e supervisão: uma estratégia para melhorar as aulas de substituição de física e quimíca incide sobre as posssibilidades de utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) como meio "facilitador", e mesmo "desencadeador", das situações de integração envolvidas em qualquer processo de "ensino/aprendizagem". Desenvolve-se em torno de um conceito unificador, o de "supervisão" e tem como motivação e educação em ciência, particularizando-se no "ensino/aprendizagem" de Física e Química em aulas de sustituição.  Foram analisados os resultados de dois inquéritos, feitos a 340 alunos e 70 professores, de uma Escola E. B. 2/3. Um dos inquéritos foi destinado aos alunos do terceiro ciclo e outro foi destinado aos professores. Referiam-se ambos a aulas de substituição. Da sua análise, podemos reconhecer que um dos principais interesses e motivações dos alunos, passam actualmente, pelas novas tecnologias de informação e comunicação. Também concluimos que as aulas de substituiçãonão são do agrado de professores nem de alunos, e que, segundo a opinião de ambos da forma como têm vindo a ser implementadas, não têm acrescentado mais valias no que respeita à melhoria da qualidade do ensino. Com a finalidade reflectirmos sobre uma possível mudança desta situação,realizamos um estudo, com uma turma do sétimo ano pertencente à referida escola. Este estudo teve como propósito, compreender em que medida o processo de ensino-aprendizagem, em aulas de substituição da disciplina de Ciências Físico-químicas, poderá ser influênciado pela introdução de propostas de trabalho que dão ênfase à utilização das novas tecnologias, em particular o Moodle. Tivemos sempre presente as seguintes intenções: - avaliar em que medida a utilização de actividades envolvendo as tecnologias de informação contribui para a motivação dos alunos, para o estudo da física; -perceber se essas actividades favorecem a compreensão e a aprendizagem dos conceitos envolvidos; - promover o desenvolvimento de ambientes de aprendizagem com tecnologias e em particular com o moodle; - rentabilizar as aulas de substituição; - perceber se o uso deste tipo de actividades melhora o comportamento dos alunos nas aulas de substituição; - reflectir sobre as implicações da utilização deste recurso na aprendizagem destes alunos. Para isso, decidimos criar quatro lições na plataforma de e-learnig Moodle; participar, com uma observação activa, na aplicação das lições; criar um questionário com a finalidade de recolhermos dados sobre a utilidade do uso das novas tecnologias em aulas de substituição na disciplina de C. Físico-químicas. A análise dos resultados permitiu-nos concluir que a aplicaçãodeste tipo de actividades contribui para a motivação dos alunos,pois favorecem a compreensão e a aprendizagem dos conceitos envolvidos, melhoram o comportamento, promovem o desenvolvimento de ambientes de aprendizagem com as TIC e melhoram as aulas de substituição.
URI: http://hdl.handle.net/11328/3
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 285.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.