Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/2547
Title: Funções executivas na infância: Avaliação e dados normativos preliminares para crianças portuguesas em idade pré-escolar
Authors: Pereira, Ana Paula Prust
Dias, Natália Martins
Araújo, Alexandra M.
Seabra, Alessandra Gotuzo
Keywords: Neuropsicologia
Educação infantil
Pré-escolar
Padronização do teste
Funções executivas
Neuropsychology
Early childhood education
Preschool children
Test standardization
Executive functions
Issue Date: 2018
Citation: Pereira, A. P. P., Dias, N. M., Araújo, A. M., & Seabra, A. G. (2018). Funções executivas na infância: Avaliação e dados normativos preliminares para crianças portuguesas em idade pré-escolar. Revista Iberoamericana de Diagnóstico y Evaluación – e Avaliação Psicológica, 49(4), 171-188. doi: 10.21865/RIDEP49.4.14. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/2547
Abstract: O presente estudo investigou evidências de validade do Teste de Atenção por Cancelamento (TAC) e Teste de Trilhas para pré-escolares (TT-PE) e disponibilizou normas preliminares para pré-escolares portugueses. Participaram 105 crianças, com 5 e 6 anos, avaliadas no TAC (atenção) e TT-PE (flexibilidade cognitiva). Houve efeito da idade para o TAC, com melhor desempenho das crianças de 6 anos, sugerindo trajetórias de desenvolvimento distintas para as habilidades avaliadas. Relações baixas a altas foram observadas entre índices de um mesmo instrumento, e baixas a moderadas entre desempenhos nos dois testes. Houve diferença significativa entre desempenhos da amostra portuguesa e a normatização brasileira na maioria das medidas. Pontuações-padrão foram calculadas. São fornecidas evidências de validade e normalização preliminar para instrumentos de avaliação de crianças portuguesas em idade pré-escolar.
The present study investigated validity evidence of the Cancellation Attention Test (CAT) and Trail Making Test for Preschoolers (TMT-P) and provided preliminary standards for Portuguese preschoolers. A total of 105 five and six year-old children were evaluated with the CAT (attention) and the TMT-P (cognitive flexibility). There was an age effect for TAC, with better performance of 6-years-old, suggesting different developmental trajectories for the assessed skills. Low to high relationships were observed between indices of the same instrument, and low to moderate between performances in both tests. There was a significant difference between the Portuguese sample performance and the Brazilian standards in most of the measures. Standard scores were calculated. Validity evidence and preliminary standards for assessment instruments in Portuguese preschoolers are provided.
URI: http://hdl.handle.net/11328/2547
Appears in Collections:INPP - Artigos em Revistas Internacionais / Papers in International Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RIDEP49-Art14.pdf566.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.