Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/2034
Title: Representações de imigrantes brasileiros sobre a competição e a sua influência na adaptação à sociedade de acolhimento: Estudo transcultural
Authors: Conde, Ana, orientador científico
Fülöp, Márta, orientador científico
Bastos, Ana Patrícia Vaz
Keywords: Representações sociais
Competição
Imigração
Adaptação
Integração
Cultura
Social representations
Competition
Immigration
Adaptation
Integration
Culture
Issue Date: 21-Dec-2017
Citation: Bastos, A. P. V. (2017). Representações de imigrantes brasileiros sobre a competição e a sua influência na adaptação à sociedade de acolhimento: Estudo transcultural. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/2034
Abstract: A cultura tem uma grande influência no modo como concetualizamos a competição e, consequentemente, como a vivenciamos. Embora a descrição dos processos de aculturação tenha sido objeto de atenção, ao longo do tempo, pela Psicologia Transcultural, ainda pouco se sabe acerca da vivência de competição durante um processo migratório, suas idiossincrasias culturais e sua influência na integração e adaptação dos imigrantes à sociedade de acolhimento, objetivos do presente estudo. Para a concretização destes objetivos foi realizado um estudo de natureza qualitativa, envolvendo 40 imigrantes brasileiros (20 residentes na Hungria e 20 residentes em Portugal), aos quais foi aplicada uma entrevista semiestruturada, cujo conteúdo foi transcrito e analisado segundo os critérios de Bardin (1977). Os resultados obtidos permitiram constatar a variabilidade de representações que os imigrantes têm acerca da competição, à qual é atribuída uma valorização positiva e/ou negativa ou associados comportamentos pessoais e conceitos como a inveja ou a persistência e determinação. A generalidade dos participantes identifica a sociedade de origem como mais competitiva do que a sociedade de acolhimento, preferindo a sociedade que tem um menor clima competitivo, e reconhece a influência, maioritariamente negativa, da competição no processo de integração e adaptação à sociedade de acolhimento. Os resultados do presente estudo sugerem e reforçam evidências empíricas prévias segundo as quais a competição é um fenómeno multidimensional e multideterminado, nomeadamente pelo contexto cultural em que os indivíduos se inserem, e determinante para a integração e adaptação dos imigrantes durante o processo migratório, influenciando a sua saúde e bem-estar.
Culture has a great influence in the way individuals conceptualize competition and, consequently, how they experience it. Although the acculturation process has been focus of attention over time by Transcultural Psychology, little is known about the experience of competition during a migratory process, its cultural idiosyncrasies and its influence on immigrant’s integration and adaptation to the host society, objectives of the present study. To the accomplishment of these objectives, a qualitative study was carried out, involving 40 Brazilian immigrants (20 residents in Hungary and 20 residents in Portugal), to whom a semi-structured interview was applied, whose content was transcribed and analysed according to the criteria of Bardin (1977). The obtained results showed the variability of immigrants’ representations about competition, to which is attributed a positive and / or negative value, or are associated personal behaviours and concepts such as envy or persistence and determination. Most of the participants identified the society of origin as more competitive than the host society, preferring the society that has a less competitive climate, and recognize the predominantly negative influence of competition in the process of integration and adaptation to the host society. Findings of this study suggest and reinforce previous empirical evidence according to which competition is a multidimensional and multidetermined phenomenon, namely by the cultural context in which the individuals are inserted, and determinant for immigrant’s integration and adaptation during the migratory process, influencing their health and wellbeing.
URI: http://hdl.handle.net/11328/2034
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMPS 99.pdf6.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.