Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1997
Title: O doente oncológico em cuidados paliativos e seus cuidadores familiares
Authors: Miguel, Isabel Miguel, orientador científico
Lixa, Catarina Sofia dos Santos
Keywords: Cuidados paliativos
Qualidade de vida
Necessidades
Ansiedade
Depressão
Palliative care
Needs
Anxiety
Quality of life
Depression
Issue Date: Nov-2017
Citation: Lixa, C. S. S. (2017). O doente oncológico em cuidados paliativos e seus cuidadores familiares: Percepções das necessidades, qualidade de vida, ansiedade e depressão. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1997
Abstract: Segundo a Direcção-Geral da Saúde (2005), os cuidados paliativos integram os aspetos psicológicos e espirituais da assistência ao paciente, disponibilizando uma equipa de profissionais para responder às necessidades dos pacientes e suas famílias, de modo a promover a qualidade de vida e influenciar positivamente a trajetória da doença. Este estudo tem como finalidade: 1) avaliar a perceção que os cuidadores familiares do doente oncológico em cuidados paliativos, têm relativamente às suas necessidades sentidas; e 2) avaliar a sintomatologia depressiva e ansiosa, assim como a qualidade de vida de doentes em cuidados paliativos e seus cuidadores. Participaram no estudo 20 doentes oncológicos em cuidados paliativos e 20 cuidadores familiares, perfazendo no total 40 participantes. A metodologia do estudo corresponde a uma metodologia mista, sendo que a componente qualitativa corresponde à aplicação de uma entrevista semi-estruturada aos cuidadores familiares dos doentes oncológicos em cuidados paliativos para identificar as suas principais necessidades. A componente quantitativa foi concretizada através da aplicação de três questionários, nomeadamente, i) HADS - Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar (Hallstrom & Mcclure, 2000) para avaliar a sintomatologia depressiva e ansiosa em doentes e cuidadores; ii) o WHOQOL – Bref (Canavarro et al., 2010) para avaliar a qualidade de vida em doentes e cuidadores e iii) o questionário sociodemográfico, que engloba os dados pessoais do cuidador familiar, assim como os do doente oncológico em cuidados paliativos. A recolha de dados foi efetuada na Unidade de Cuidados Paliativos do Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil (IPO-Porto). Os resultados deste estudo revelaram que os cuidadores familiares apresentam necessidades ao nível da prestação de cuidados ao familiar doente, necessidades informativas, físicas, psicológicas, sociais e financeiras. Os resultados mencionaram que os cuidadores apresentam mais ansiedade que os doentes, mas que os doentes apresentam mais depressão do que os cuidadores. Nos vários domínios do WHOQOL-Bref os cuidadores têm valores médios sempre mais elevados do que os doentes, mas apenas nos domínios Físico, Psicológico e Faceta Geral é que essas diferenças se revelaram estatisticamente significativas.
According to the General Direction for Health (2005), palliative care integrates the psychological and spiritual aspects of patient care, providing a team of professionals to respond to the needs of patients and their families, in order to promote quality of life and positively influence the trajectory of the disease. This study aims to: 1) evaluate the perception that the family caregivers of the cancer patient in palliative care, have relative to their felt needs; and 2) to evaluate the depressive and anxious symptomatology, as well as the quality of life of patients in palliative care and their caregivers. The study included 20 cancer patients in palliative care and 20 family caregivers, making a total of 40 participants. The methodology of the study corresponds to a mixed methodology, and the qualitative component corresponds to the application of a semi-structured interview to family caregivers of cancer patients in palliative care to identify their main needs. The quantitative component was implemented through the application of three questionnaires, namely: i) HADS - Hospital Anxiety and Depression Scale (Hallstrom & Mcclure, 2000) to evaluate depressive and anxious symptomatology in patients and caregivers; ii) the WHOQOL - Bref (Canavarro et al., 2010) to assess the quality of life of patients and caregivers and iii) the sociodemographic questionnaire, which includes the personal data of the family caregiver as well as the cancer patient in palliative care. Data collection was performed at the Palliative Care Unit of the Portuguese Oncology Institute of Porto Francisco Gentil (IPO-Porto). The results of this study revealed that family caregivers present needs in the provision of care to the sick family member, informational, physical, psychological, social and financial needs. The results mentioned that caregivers present more anxiety than patients, but that patients present more depression than caregivers. In the various domains of the WHOQOL-Bref, caregivers have always higher mean values than patients, but only in the Physical, Psychological and General Facet domains are these differences statistically significant.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1997
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMPS 95.pdf648.88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.