Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1977
Title: A inclusão de crianças com autismo: Reflexão de trabalho
Authors: Lopes, Maria Celeste Sousa, orientador científico
Silva, Vânia Cristina Gomes da
Keywords: Inclusão
Perturbação do espectro do autismo
Unidades de ensino estruturado
Inclusion
Autism spectrum disorder
Structured teaching units
Issue Date: 27-Sep-2017
Citation: Silva, V. C. G. (2017). A inclusão de crianças com autismo: Reflexão de trabalho. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1977
Abstract: Nos últimos anos muitos têm sido os autores que abordam métodos e estratégias de inclusão. No que é relativo aos alunos com Perturbação do Espectro do Autismo a inclusão decorre na sala de aula ou em Unidades de Ensino Estruturado para alunos com Perturbações do Espectro do Autismo. Sabe-se, portanto, que estes alunos possuem caraterísticas muito próprias, algumas das quais são condicionantes à inclusão, visto pressuporem o contacto, a participação nas atividades. Contudo, sem participação, sem envolvimento social não há inclusão. Importa assim saber se, após alguns anos de implementação do Dec. Lei 3/2008, de 7 de janeiro, que regula os apoios fornecidos por parte da Educação Especial, através da implementação de medidas educativas que surgem como resposta às necessidades educativas especiais dos alunos, em particular para este trabalho, dos alunos com Perturbação do Espectro do Autismo, existe esse envolvimento social, isto é, se a inclusão abrange esta população de alunos.
In recent years, many have been authors who discuss methods and strategies of inclusion. What is concern to students with Autism Spectrum Disorder the inclusion takes place in the classroom or in structured teaching units. Know, therefore, that these students have very own characteristics, some of which are barriers for inclusion, once they assume the necessity of contact, participation in activities. However, without participation, without social involvement there is no inclusion. We need to know if, after a few years of implementation of the Decree-Law 3/2008, of 7 January, governing the support provided by the special education, through the implementation of educational measures that arise in response to the special educational needs of the students, for this job, of students with Autism Spectrum Disorder, there's this social involvement, that is, if the inclusion covers this population of students.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1977
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 585.pdf567.75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.