Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/173
Title: Gestão intermédia: a supervisão como factor de mediação no processo de desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional: um estudo de caso
Authors: Gouveia, Laurentina Rodrigues Mesquita
Keywords: Autonomia
Gestão intermédia
Supervisão e mediação
TME
Issue Date: 2008
Citation: Gouveia, L. R. M. (2008). Gestão intermédia: a supervisão como factor de mediação no processo de desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado em Supervisão e Coordenação da Educação.
Abstract: O presente estudo procura desvendar, numa perspectiva interpretativa e crítica, a forma como a escola se organiza, que interpretações atribuem os elementos que constituem os órgãos de gestão intermédia ao contexto educativo, como perspectivam a sua acção num quadro de autonomia relativa, perante as possibilidades emergentes dos movimentos de descentralização institucional da administração educativa central. É neste quadro global que emergem questões hoje tão prementes como a participação democrática na gestão da escola, a adequação das respostas educativas à realidade da comunidade que serve, a flexibilização, a construção de “comunidades de aprendizagem” e, ainda, a reconceptualização das finalidades da educação com vista à promoção da qualidade do sistema educativo. Uma abordagem em torno da organização escolar como unidade social e como acção pedagógica organizada, implica que nos detenhamos sobre os elementos de mediação nela existentes, cuja acção se revela determinante na concretização das suas finalidades. Neste enquadramento, registe-se a importância dos cargos de gestão intermédia, cuja posição estratégica no exercício de funções de coordenação/supervisão/mediação dos respectivos grupos, lhes possibilita agir como principais impulsionadores na receptividade e promoção da inovação e da qualidade da educação. Face aos cenários de mudança, deverão assumir práticas crítico-reflexivas sistemáticas e investir na valorização e construção da profissionalidade e, simultaneamente, promover uma dinâmica de grupo que potencie as capacidades dos agentes educativos envolvidos. Neste enquadramento, a reconceptualização das funções do supervisor, implica que a sua acção se desenvolva ao nível global da escola, se estenda à comunidade educativa em geral e às estruturas de orientação educativa em particular. Centrámos este estudo, em torno dos cargos de Coordenação e Sub-Coordenação de Departamento Curricular (2º e 3º CEB), Coordenação de Ano (1ºCEB) e Coordenação do Conselho de Docentes (Pré-escolar e 1º CEB), pelo facto de considerarmos que a sua abrangência, em termos das funções supervisivas alargadas a todo o contexto educativo, se enquadra na mais recente reconceptualização do campo da supervisão. Assim sendo, pretendemos avaliar as percepções dos agentes educativos ligados aos órgãos de gestão intermédia, relativamente à forma como se posicionam face à instituição escolar, no sentido de contribuírem para o seu desenvolvimento organizacional. Reflectindo sobre as dinâmicas de mudança ocorridas no contexto educativo, emerge a actual concepção de supervisão e a importância que os cargos de gestão intermédia assumem, pelo que decidimos focalizar o nosso estudo na confluência do binómio – supervisão e gestão intermédia – sendo nossa convicção que, no âmbito mais alargado da supervisão escolar, os gestores intermédios surgem como verdadeiros obreiros na promoção do desenvolvimento pessoal, profissional e organizacional. Começámos por nos debruçar, em termos teóricos, na revisão da literatura sobre os assuntos em análise. Procedemos à aplicação de um questionário que abrangeu uma amostra de 33 gestores intermédios que desempenham funções no Agrupamento de Escolas Geração XXI, ao nível do Pré-escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico. De modo a complementar o estudo, foi efectuada uma análise documental que englobou o Projecto Educativo e os instrumentos que permitem a sua operacionalização. O estudo inseriu-se numa abordagem descritiva e interpretativa, sendo a metodologia investigativa usada, o “estudo de caso”.
URI: http://hdl.handle.net/11328/173
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 322.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.