Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/171
Title: O bullying em contexto escolar: um estudo de caso.
Authors: Ribeiro, Ana Teresa Martins
Keywords: Violência na escola
Maus-tratos na escola
Bulling
TME
Issue Date: 2007
Citation: Ribeiro, A.T.M. (2007). O bullying em contexto escolar: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado em Administração e Planificação da Educação.
Abstract: Neste presente estudo, abordamos a problemática da violência entre pares ou bullying, que se instala subtil e silenciosamente em contexto escolar, deteriorado as relações interpessoais. Objectivamos esboçar as características do fenómeno do bullying existente nos alunos do terceiro ciclo, numa escola básica integrada inserida num meio socialmente desfavorecido. Procuramos, particularmente, descrever o ambiente familiar de discentes com comportamento agressivo, assim como as relações interpessoais que se estabelecem entre os vários membros da família. No que concerne a metodologia, optamos, essencialmente, pela abordagem qualitativa, através de um estudo de caso. Os inquéritos e as entrevistas semi-estruturadas constituíram os instrumentos de recolha de dados. O inquérito foi aplicado a 279 dos 304 discentes do terceiro ciclo, dos 12 aos 18 anos e as entrevistas semi-estruturadas abrangeram dois discentes do terceiro ciclo, dos 12 aos 18 anos e as entrevistas semi-estruturadas abrangem dois discentes de 14 anos, com comportamentos agressivos e as suas respectivas mães. Os inquéritos foram tratados estatisticamente e o conteúdo das entrevistas foi analisado através da categorização em dois temas aglutinadores: o contexto familiar e o contexto escolar. Constatamos que o bullying marca uma forte presença neste nível de ensino, apresentando 58,4% de vitimação e 34,8% de agressão, que perturba o ethos da escola, pois sentimentos de insegurança assolam 48% dos discentes. A forma de bullying predominante é a agressão verbal, desenhada através do insulto e o receio é o local por excelência, para a ocorrência deste fenómeno. A família, contexto onde inicialmente ocorre a socialização, possui um papel primordial na atitude que a criança desenvolve nas suas relações interpessoais com os seus pares. Constatamos que o ambiente familiar dos discentes com comportamento agressivos revelou interacções de baixa qualidade e frequência com a figura de autoridade do pai e que práticas educativas demasiado autoritárias ou permissivas parecem instigar a violência. Por isso, torna-se imprescindível que a escola, em parceria com a família implemente estratégias preventivas e remediativas relativas ao fenómeno do bullying, de modo a tornar a escola um contexto de socialização e formação aprazível.
URI: http://hdl.handle.net/11328/171
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 337.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.