Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1667
Title: Inteligência emocional e atitudes face à violência psicológica no namoro em adolescentes.
Authors: Araújo, Alexandra M., orientador científico
Lobo, Cristina Costa, orientador científico
Rodrigues, Miguel José Perpétuo Aleixo
Keywords: Inteligência emocional
Atitudes face à violência psicológica no namoro
Adolescência
Diferenças de género
Emotional intelligence
Attitudes towards psychologic dating violence
Adolescence
Gender differences
Issue Date: 7-Dec-2016
Citation: Rodrigues, M.J.P.A. (2016). Inteligência emocional e atitudes face à violência psicológica no namoro em adolescentes. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1667
Abstract: Este estudo pretendeu identificar relações entre a inteligência emocional (IE) e as atitudes de violência psicológica no namoro em adolescentes a frequentar o ensino secundário. A amostra é constituída por 262 alunos do ensino secundário do distrito de Viseu (114 do sexo masculino e 145 do sexo feminino), com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos (M = 16.14, DP = 1.08). Foram recolhidos dados sociodemográficos para caraterizar a amostra e os questionários utilizados para avaliar as competências emocionais (perceção emocional, expressão emocional e capacidade para lidar com a emoção), as atitudes globais face à violência no namoro e as atitudes face à violência psicológica (violência verbal, comportamento dominante e desculpabilização da violência) foram submetidos a procedimentos de análise de sensibilidade, validade e fidelidade, revelando boas qualidades psicométricas. Os resultados indicam uma correlação negativa entre a IE e as atitudes globais face à violência. Existem diferenças de género na relação entre a IE e as atitudes de violência psicológica, sendo que nos rapazes existe uma maior relação entre estas variáveis comparativamente com as raparigas. Indo de encontra à literatura, nesta subamostra a violência verbal também é a mais legitimada entre os alunos. O presente estudo procura ainda dar pistas para uma intervenção junto dos adolescentes no sentido da promoção da IE e prevenção da violência no namoro, e reflete sobre possíveis estudos a desenvolver no futuro.
This study aimed to identify relations between emotional intelligence (EI) and the attitudes toward psychologic violence in dating, in high-school adolescents. The participants included 262 high-school students from Viseu (114 males e 145 females), ranging in age from 15 to 20 years old (M = 16.14, DP = 1.08). Sociodemographic information was collected to characterize the participants and the scales used to assess emotional abilities (emotional perception, emotional expression, emotion management), global attitudes towards dating violence, and attitudes towards psychological violence (verbal violence, dominant behaviour, and excusing violence) were subjected to validity and reliability analysis, showing good psychometric qualities. The results indicate a negative correlation between EI and the global attitudes towards violence. There are gender differences regarding the relations between EI and attitudes towards psychologic violence, specifically the relation is higher in boys when compared with girls. Confirming prior literature, also in this study verbal violence is the most legitimated type of violence among the students. The study seeks to provide some suggestions for interventions aiming at promoting EI and preventing dating violence with adolescents and reflects on possible studies to develop in the future.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1667
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMPS 74.pdf489.35 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.