Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1660
Title: A importância do trabalho colaborativo das estruturas de gestão no desenvolvimento da escola.
Authors: Lima, Lurdes, orientador científico
Simões, Maria de Fátima Alves
Keywords: Trabalho colaborativo
Práticas reflexivas
Estruturas de gestão
Liderança
Desenvolvimento da escola
Collaborative work
Synergies of reflection
School management structures
Leadership
School development
Issue Date: Sep-2013
Citation: Simões, M.F.A. (2013). A importância do trabalho colaborativo das estruturas de gestão no desenvolvimento da escola. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1660
Abstract: De Educador e de um bom transmissor de conhecimentos e de valores, o Professor sente necessidade de se tornar aprendiz, dado que as transformações políticas, económicas, sociais e culturais são inúmeras e as suas responsabilidades na vida da escola têm aumentado. Sendo assim, o Professor tem que redirecionar o seu perfil profissional para responder às novas exigências do conhecimento, para se tornar um bom mediador entre a escola, a família e a comunidade e um construtor do sucesso educativo. Nesta perspetiva, o Professor tem de abandonar a sua atitude de trabalho individualista para iniciar uma nova e longa caminhada na procura de soluções, em trabalho de equipa, dado que a aprendizagem é mais fácil e mais rica com o trabalho de partilha. Por sua vez, a Escola que pretende estimular o seu desenvolvimento e obter sucesso deve assumir-se como uma organização aprendente, gerida por equipas adeptas de lideranças partilhadas. Neste contexto a investigação a que nos propusemos pretende conhecer, analisar e compreender o contributo do Trabalho Colaborativo, praticado pelas Estruturas de Gestão da Escola (Direção e Estruturas Intermédias), no Desenvolvimento da Escola. Assim, pretendemos dar resposta às questões: De que forma o Trabalho Colaborativo realizado pelas Estruturas de Gestão contribui para a designação de “Escola de Sucesso”? De que forma o Trabalho Colaborativo ajuda a criar dinâmicas de reflexão coletiva? Quais são as principais dificuldades encontradas na implementação do Trabalho Colaborativo das Estruturas de Gestão? Como são ultrapassadas essas dificuldades? Para obter respostas ao nosso desafio, adotamos uma metodologia de investigação de natureza essencialmente qualitativa, mais precisamente um Estudo de Caso, entendendo-se como caso, o Trabalho Colaborativo que envolve as Estruturas de Gestão. A investigação, parte das características da Escola onde decorre este trabalho, procura a descoberta de dados e aspetos importantes sobre o Trabalho Colaborativo das Estruturas de Gestão e a sua importância no Desenvolvimento da Escola. Para atingir este propósito fizemos Questionários e Entrevistas às Estruturas de Gestão sobre o tipo de Trabalho Colaborativo que praticam e procurámos nos Documentos Oficiais da Escola indícios dessa prática. Os resultados a que chegámos permitem concluir que na Escola F é percetível a implementação de uma cultura de participação, o envolvimento de todos os intervenientes das Estruturas de Gestão, o trabalho partilhado e refletido dos elementos que constituem estas estruturas. Concluímos também que nesta Escola as práticas educativas promotoras do seu desenvolvimento passam por uma cultura de colaboração implementada com motivação e empenho dos diferentes intervenientes, pelo “efeito de contágio” que as diferentes estruturas imprimem no trabalho diário, pela articulação e pelo trabalho de continuidade e ainda por uma liderança colaborativa, aberta e partilhada. Concluímos ainda que as Estruturas de Gestão ambicionam tornar a Escola uma comunidade de aprendizagem, apesar de sentirem dificuldades na implementação do Trabalho Colaborativo devido ao excesso de burocracia, à constante alteração da legislação, à perda de tempo na elaboração de relatórios e à constante leitura de novos documentos.
To be a good transmitter of knowledge and learning facilitator is no longer enough, as now the Teacher feels the need to become a Learner, since there have been various political, economical, social and cultural changes, which have greatly increased his responsibility in the school life. Thus, the Teacher has to redirect his professional profile to meet the new requirements of the knowledge-based society, in order to become a good mediator between the school, family and community, as well as a builder of educational success. In this perspective the teacher needs to drop his individualistic attitude towards work and sets forth on a long journey in search for team work solutions, since learning is easier and more effective through cooperating and sharing. On the other hand, a School aiming at stimulating development and success should position itself as a learning organization, managed by teams supporting shared-leadership practices. In this context, this research aims at collecting information, analyzing and understanding the contribution of Collaborative Work carried out by the School Management Structures (the board of direction and intermediate management structures), concerning School Development. So, we intend to find answers to the following questions: In what way does the Collaborative Work practiced by the Management Structures fosters a School of Success?; How does Collaborative Work help create Synergies of Reflection ?; Which are the main obstacles faced during the implementation of Collaborative Work in Management Structures?; How are these obstacles overcome?. To find answers to our challenge, we adopted a qualitative research methodology essentially focussed on a Case Study, considering “Case” the Collaborative Work carried out by the Management Structures of this school. The research takes into account the features of the school where this kind of work takes place, tries to gather data and important aspects of the Collaborative Work enforced by the Management Structures and its importance in the development of the School. To achieve this goal, we have applied Questionnaires and done Interviews to the School Management Structures about the type of Collaborative Work they perform and search for evidence of this practice in Official School Documents. The results found allow us to recognize in School F the implementation of a Participation Culture, through the involvement of all the members of Management Structures, sharing work and decisions. We also concluded that in this school the educational practices that lead to its development are rooted in a Collaborative School Culture, promoted with motivation and commitment by an open and shared leadership which spreads a “contagion effect” on each and every one involved, leading to a more effective articulation and continuity of the school daily work. Finally we acknowledge the fact that the management structures strive to change the school into a learning community, in spite of having to face all kinds of difficulties in implementing the Collaborative Work such as: excessive bureaucracy, the constant change in legislation, the loss of time in elaborating reports or the inescapable need to read the new rules and official documents.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1660
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 564.pdf3.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.