Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1582
Title: Avaliar o impacto do portátil Magalhães no 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB), no concelho de Matosinhos: Fatores de (des)motivação nos agentes educativos.
Authors: Machado, Eusébio André da Costa, orientador científico
Durão, Natércia, orientador científico
Miguel, João Paulo da Silva
Keywords: Portátil Magalhães
Motivação
Desmotivação
Conhecimento
Professor
Aluno
Família
Sistema educativo
Avaliação
Motivation
Demotivation
Knowledge
Teacher
Student
Family
Education system
Evaluation
Issue Date: 12-May-2014
Citation: Miguel, J. P. S. (2014). Avaliar o impacto do portátil Magalhães no 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB), no concelho de Matosinhos: Fatores de (des)motivação nos agentes educativos. (Tese de Doutoramento), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1582.
Abstract: O presente estudo apresenta os resultados de um trabalho de investigação, sob a designação de “Avaliar o impacto do portátil Magalhães no 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB), no concelho de Matosinhos: fatores de (des)motivação nos agentes educativos”, estudo este que é o resultado da procura de enquadramentos, contributos teóricos e metodologias fundamentais no âmbito de vários projetos de inclusão das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) no processo educativo. Em Portugal, desde a sua implementação, o Plano Tecnológico (PT) constituiu-se como um tema central nas múltiplas discussões educacionais. Trata-se de um plano que trouxe uma série de mudanças para a sociedade portuguesa, tendo como objetivo responder às “pressões” de modernização muito frequentes nas retóricas políticas. Este plano determinou um conjunto de estratégias com vista à mudança, ao conhecimento e à competitividade, baseado na promoção de novos conhecimentos, da tecnologia e da inovação, abrangendo empresas, famílias e as demais instituições, incluindo as de ensino, existentes no nosso país. Inserido nas medidas do PT, encontra-se o programa e-escolinhas, no âmbito do qual cerca de meio milhão de alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico receberam o portátil Magalhães. Partindo do princípio que o uso do portátil Magalhães, em contexto educativo, é hoje uma mais-valia para todos os agentes educativos (alunos, professores e encarregados de educação), os desafios da mudança educativa, embora claros para alguns, parecem não ser fáceis de vencer para outros, sendo necessário avaliar e medir de forma quantitativa as opiniões dos diferentes agentes relativamente à motivação, uso e importância atribuída. Neste sentido, problematiza-se através da questão de partida sobre a avaliação do impacto do portátil Magalhães nos diferentes agentes educativos e quais os fatores de motivação/desmotivação perante a sua utilização. No que respeita às opções metodológicas, este estudo desenvolveu-se de acordo com um referencial cientifico e realizamos uma investigação ex-post-facto, predominantemente de natureza descritiva/quantitativa, recorrendo ao inquérito por questionário (n= 682), onde os dados resultantes dos inquéritos foram tratados e analisados com recurso ao software estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). De um modo geral, os resultados obtidos neste estudo revelaram que não é suficiente, por si só, ter acesso a ambientes tecnológicos, é necessário também que a escola forme alunos autónomos, críticos e criativos dotados de capacidades para usarem as tecnologias como forma de conhecimento e de emancipação social. Por outro lado, este estudo permitiu avaliar e identificar as diferenças e semelhanças entre os diferentes agentes educativos envolvidos, proporcionando a cada um deles um olhar sobre o impacto do portátil Magalhães como fator de (des)motivação para o processo de ensino-aprendizagem.
This study gives an account of the results of a research work, under the designation to assess the impact of the Magalhães portable on the primary education in the municipality of Matosinhos: factors of (de)motivation in educational agents, which is the result of demand of frameworks, theoretical contributions and fundamental methodologies in the context of various designs of inclusion of information and communication technologies in the educational process. In Portugal, since its implementation, the Technological Plan (TP) was created as a central theme in multiple educational discussions. It is a plan that brought a number of changes to the Portuguese society, aiming to respond to the very frequent "pressures" to modernize in political rhetoric. This plan has determined a set of strategies for change, knowledge and competitiveness based on the promotion of knowledge, technology and innovation, covering companies, families and other institutions including teaching, current in our country. Inserted in the TP procedures, you can find the programa e.escolinha in which about half a million students of primary education received the "portátil Magalhães". Assuming that the use of "portátil Magalhães" in educational context is now an advantage for all educational agents (students, teachers and parents), the challenges of educational change, although clear to some, seem not to be easy to win for others, being necessary to evaluate and measure quantitatively the opinions of different agents in relation to motivation, use and importance. We conduct an investigation “ex-post-facto”, predominantly of descriptive/quantitative nature, using the questionnaire (n= 682) where the resulting data of the surveys were processed and analyzed using the statistical software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Generally speaking, the results obtained from this study revealed that is not sufficient, by itself, have access to technological environments, it is also necessary that the school educate students to be autonomous, critical and creative with capabilities to use technologies as a means of knowledge and social emancipation. On the other hand, this study allowed to evaluate and identify the differences and similarities between the different educational agents (students, teachers and parents), giving each of them a look at the impact of the "portátil Magalhães" as a factor of (de)motivation for the teaching-learning process.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1582
Appears in Collections:INPP - Teses de Doutoramento / PhD Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TDE 51.pdf4.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.