Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1531
Title: Impacto dos testes intermédios de língua portuguesa do 1ºciclo nas práticas dos professores.
Authors: Machado, Eusébio, orientador científico
Mendes, Rita Susana Bastos de Oliveira
Keywords: Testes Intermédios de Língua Portuguesa
Avaliação externa
Práticas de ensino-aprendizagem
Exames
Intermediate test portuguese
External evaluation
Teaching and learning practices
Exams
Issue Date: Feb-2015
Publisher: Universidade Portucalense
Citation: Mendes, R. S. B. O. (2015). Impacto dos testes intermédios de língua portuguesa do 1ºciclo nas práticas dos professores. (Tese de Doutoramento), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1531.
Abstract: Em Portugal, no ano letivo 2010/2011, foram introduzidos no 1ºciclo do ensino básico, os Testes Intermédios de Língua Portuguesa (TILP). Os TILP apresentam-se como um processo de avaliação de origem externa que, de acordo com indicações do Gabinete de Avaliação Educacional, pretendem diagnosticar precocemente as dificuldades dos alunos nestas áreas de forma a poder orientar a intervenção pedagógica. Os TILP são de natureza facultativa mas, não obstante, revestem-se das mesmas características de qualquer outro instrumento de avaliação externa, sendo realizados a nível nacional, à mesma hora, corrigidos com base nos mesmo critérios e comparados em termos de resultados numa lógica normativa. Ora, o presente estudo incidiu nesta problemática e teve como principal objetivo avaliar o impacto dos TILP nas práticas dos professores, tentando perceber até que ponto se mobilizam em função da realização deste processo de avaliação externa. Assim, estabeleceram-se as seguintes questões de investigação: no que diz respeito aos materiais de apoio, será que os professores selecionam esses mesmos materiais sob o ponto de vista da utilidade que possam ter relativamente à prestação dos alunos neste tipo de testes? Será que há alguma alteração na gestão dos currículos e na forma de planificação e preparação das aulas? Será que as práticas de ensino têm como referência o sucesso na realização dos testes intermédios? Será que os professores alteram as suas conceções de avaliação bem como os instrumentos que usam na avaliação dos seus alunos? Até que ponto os resultados dos alunos obtidos nos testes intermédios são importantes na alteração das práticas de ensino? Que tipo de reflexão é feita tendo em conta os testes intermédios? Será, em suma, que os professores reservam alguma importância para os testes intermédios tendo em conta que, atualmente, para além de não serem de carácter obrigatório, não têm efeitos na progressão dos alunos? Definido o corpus da análise, optou-se por uma metodologia de pendor qualitativo. Neste sentido, foi realizada uma pesquisa documental sobre o estado da arte, através da qual foi definido um referencial de investigação que serviu de base à construção das entrevistas a aplicar aos intervenientes. Assim, foram realizadas entrevistas estruturadas a um conjunto de onze docentes (n=11) do 1ºciclo pertencentes a dois agrupamentos de escolas de São João da Madeira e que tinham a particularidade de já terem sido aplicadores de TILP. Optou-se também pela observação participante e elaboração de diário de bordo. A informação recolhida, quer através das entrevistas, quer através da observação participante da qual resultou o diário de bordo, foram alvo de análise de conteúdo. Os resultados obtidos confirmam que a realização dos TILP no 2ºano de escolaridade tem muito impacto, uma vez que os professores se mobilizam no sentido de dar resposta à avaliação externa. O impacto verifica-se, sobretudo, no plano das práticas de ensino e de avaliação, bem como na adoção de manuais e ações de formação. Considerando a prova de avaliação externa, os professores passam a direcionar a sua prática em função dos TILP. As práticas dos professores passam a estar ao serviço da avaliação externa, à qual se submetem quer em termos de atividades e estratégias, quer em termos de avaliação.
In Portugal, in the academic year 2010/2011, were introduced in the 1st cycle of basic education, the Intermediate Test Portuguese Language (TILP). The TILP appear as an external source evaluation process that, according to indications of the Educational Evaluation Office, intended to quickly diagnose students' difficulties in these areas so that they can guide the pedagogical intervention. The TILP are voluntary in nature but, nevertheless, have taken the same characteristics as any other external assessment tool being made at national level, at the same time, adjusted based on the same criteria and compared in terms of results in a logical rules. However, this study focused on this issue and aimed to assess the impact of TILP practices of teachers, trying to understand to what extent mobilize due to the realization of this external evaluation process. So, set up the following research questions: with regard to supporting materials, will be that teachers select these same materials from the point of view of utility that may have relating to the provision of the students in this type of testing? Is there any change in the management of curricula and in the form of planning and preparing lessons? Does teaching practices are referenced to the success in achieving the intermediate tests? Do the teachers change their evaluation conceptions and the tools they use to evaluate their students? The extent to which student results obtained in the intermediate tests are important in changing teaching practices? What kind of reflection is made taking into account the intermediate tests? It will, in short, that teachers allow some importance for intermediate tests given that, currently, in addition to not be of a binding nature, have no effect on the progression of students? Set the corpus of analysis, it was decided by a qualitative bias methodology. In this sense, a documentary research on the state of the art was performed by which defined a research framework that underpinned the construction of the interviews to be applied to players. Thus, structured interviews were conducted with a set of eleven teachers (n = 11) of the 1st cycle from two groups of São João da Madeira schools and had the distinction of having already been TILP applicators. It was decided also by participant observation and preparation of logbook. The information collected, either through interviews or through participant observation which resulted in the logbook, were subjected to content analysis. The results confirm that the achievement of TILP in education 2nd Year have much impact, since teachers are mobilized in order to respond to the external evaluation. The impact there is, above all, in terms of teaching and assessment practices, as well as the adoption of manuals and training activities. Considering the evidence of external evaluation, teachers are to direct their practice according to the TILP. The practices of teachers are now at the service of the external evaluation, which undergo both in terms of activities and strategies, both in terms of evaluation.
Description: Tese de Doutoramento em Educação.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1531
Appears in Collections:INPP - Teses de Doutoramento / PhD Thesis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TDE 44.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.