Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1516
Title: Gravidez na adolescência e (in)sucesso escolar: Um estudo qualitativo em escolas secundárias de Benguela.
Authors: Jesus, Paulo Renato Cardoso de, orientador científico
Flora, Cláudia Cristina Brandão Bastos e Silva
Keywords: Adolescência
Gravidez adolescente
Insucesso escolar
Relação escola-família
Adolescence
Teenage pregnancy
School failure
School-family relationship
Issue Date: Dec-2015
Publisher: Universidade Portucalense
Citation: Flora, C. C.B S. (2015). Gravidez na adolescência e (in)sucesso escolar: Um estudo qualitativo em escolas secundárias de Benguela. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1516.
Abstract: O objetivo da pesquisa foi de índole qualitativa, procurando compreender o significado e o contexto da experiência de gravidez na adolescência assim como o seu impacto no meio familiar e escolar, especialmente os seus efeitos no processo de ensino-aprendizagem. A amostra incluiu adolescentes, pais e/ou encarregados de educação e professores de duas escolas secundárias de Benguela (Angola). Na recolha de dados, utilizaram-se guiões de entrevista e questionários narrativos, visando obter através da análise das auto e hétero-perceções dos grupos envolvidos, uma visão dinâmica da construção dos significados que regulam as interações e, consequentemente, o desenvolvimento sócio-emocional e escolar das adolescentes. A triangulação dos resultados e comparação cruzada das perceções e narrativas permitiram obter consonâncias e dissonâncias entre os três grupos envolvidos. As adolescentes referem-se à gravidez como não planificada, sendo o momento mais negativo e marcante das suas biografias, com sentimentos de arrependimento, vergonha, e isolamento social. Esta avaliação negativaé, em grande parte, partilhado pelos pais e professores, o que contribui para uma estigmatização das adolescentes, embora a responsabilidade seja atribuída sobretudo aos pais pela sua permissividade e ausência educativa. Os professores desresponsabilizam a Escola, justificando indiretamente a não-implementação de estratégias pedagógicas específicas na área da educação sexual e da educação compensatória e, portanto, um declínio no rendimento escolar e na motivação para o estudo. No entanto, todas as adolescentes têm perspetivas ambiciosas quanto à sua carreira futura, todas referiram querer prosseguir os estudos para o nível superior. Os pais reconhecem e reforçam essa ambição, em nítido contraste com as baixas expectativas dos professores que revelam um grande ceticismo relativamente ao futuro.
The aim of this qualitative research consists mainly in understanding the meaning and the context of the experience of teenage pregnancy as well as its impact on family and school environment, especially its effects on the teaching-learning process. The sample of the research has included 10 adolescent girls, their parents and teachers from two secondary schools in Benguela (Angola). For the data collection, we have used semi-structured interviews and narrative questionnaires in order to obtain by means of the self- and hetero-perceptions of the three groups involved a dynamic view of the construction of meaning that regulates the interactions and hence the socio-emotional development and school learning of adolescents. The triangulation of data and cross-comparison of perceptions and narratives have showed various types of consonance and dissonance among the three groups. Adolescents refer to the pregnancy as unplanned, the most negative and defining moment of their biographies,with feelings of regret, shame, and social isolation. This negative assessment is largely shared by parents and teachers, which contributes to the stigmatization of adolescents, although the responsibility is attributed mainly to parents by their permissiveness and educational absence. Teachers, for their part, do not assign any responsibility to the school, thereby indirectly justifying the non-implementation of specific teaching strategies in the area of sexual education and compensatory education, and therefore the adolescents’decline in school performance and motivation for the study. However, all adolescent girls have ambitious perspectives for their future careers, all mentioned wanting to continue their studies through higher education. Parents recognize and reinforce this ambition, in sharp contrast to the low expectations of teachers who reveal a great skepticism about theirfuture.
Description: Dissertação de Mestrado em Administração e Gestão da Educação.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1516
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 556.pdf835.17 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.