Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1309
Title: Cultura e diversidade de públicos: Panóias: Um estudo de caso.
Authors: Ferreira, Rute
Freitas, Isabel Vaz de
Sousa, Orland
Keywords: Cultura
Público
Sociedade
Issue Date: 2013
Citation: Teixeira, R., Freitas, I. V., & Sousa, O. (2013). Cultura e diversidade de públicos: Panóias: Um estudo de caso (pp. 1036-1047). In Palares, José Augusto; A. A. Janela (org.), O não-formal e o informal em educação: centralidades e periferias: Atas do I Colóquio Internacional de Ciências Sociais da Educação: III Encontro de Sociologia da Educação. Braga: Centro de Investigação em Educação/Universidade do Minho. ISBN 978-989-8525-27-7. Acedido em https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=ZGVmYXVsdGRvbWFpbnxpY2NzZWlpaWVzZXxneDo2MDFlMzZjNWIzMGQyMGY2.
Abstract: O estudo dos públicos da cultura tem constituído um dos aspetos centrais da abordagem cultural no nosso país, pressupondo uma reflexão sobre a heterogeneidade do público em geral – em termos da sua composição social, dos seus níveis de interesse, das suas competências e dos seus interesses – implicando pensar tudo isto num quadro de mudança das práticas e das representações a que assistimos nos dias de hoje. O trabalho de investigação aqui enunciado, levado a cabo no âmbito da temática a “Cultura e a Diversidade de Públicos – Panóias um estudo de caso”, só foi possível num espaço culturalmente enriquecido por um legado histórico de extremo valor, como o Santuário de Panóias, localizado em Vila Real que durante alguns anos recolheu informação sobre o perfil dos visitantes, as suas motivações e satisfação. Este estudo concretizou-se no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação da Universidade Portucalense Infante D. Henrique em parceria com a Direção Regional de Cultura do Norte. Este trabalho teve como principais objetivos caraterizar o Público que visitou o Monumento entre 1996 e 1999 e entre 2006 e 2011 e ouvir as suas opiniões e propostas de melhoria. Para concretização destes objetivos foram construídos três instrumentos de investigação. Inquérito por questionário em uso no Centro de Interpretação e aplicado a todos o visitantes no fim da visita ao Monumento; Inquérito por entrevista; Grelha de observação, utilizada para observar no “terreno” aspetos relevantes. A investigação desenvolveu-se entre a análise quantitativa e qualitativa e o cruzamento de dados mostrou-se fundamental em todo este processo. Tendo em conta o objetivo da Investigação, concluímos que o público que maioritariamente visitou o Santuário de Panóias, no período analisado, foi o que Lopes (2004: 45) designou nos seus trabalhos como público habitual. Assim, analogamente ao que Lopes (2004: 46) referencia nos seus estudos, o Público do Santuário de Panóias caraterizou-se por possuir habilitações académicas elevadas, profissões qualificadas e ser detentor de um forte Capital Cultural já intrínseco e enraizado. Ficou patente que quanto mais elevado for o nível de formação académica e estatuto socioprofissional, mais regulares são os consumos culturais.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1309
ISBN: 978-989-8525-27-7
Appears in Collections:Comunicações a Congressos Internacionais / Papers in International Meetings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Freitas_Isabel-Cultura.pdf512.39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.