Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/3130
Title: Influência da prática desportiva na adaptação académica de estudantes do Ensino Superior
Authors: Conde, Ana, orientador científico
Martins, Pedro José Dias
Keywords: Desporto
Atividade física
Adaptação académica
Rendimento
Ensino superior
Issue Date: 15-Jul-2020
Citation: Martins, J. D. (2020). Influência da prática desportiva na adaptação académica de estudantes do Ensino Superior. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/3130
Abstract: Este estudo tem como objetivos a caracterização da prática desportiva junto de uma amostra de estudantes do Ensino Superior e a avaliação do impacto desta prática nas diferentes dimensões da adaptação académica – pessoal-emocional, interpessoal, cursocarreira, estudo e institucional (Almeida, Ferreira, & Soares, 2000). Para tal, recorreu-se a uma amostra de 130 estudantes do ensino superior junto da qual foram administrados um questionário sociodemográfico, um questionário para avaliação do histórico e frequência de prática desportiva e o Questionário de Vivências Académicas – versão reduzida (Almeida, Ferreira, & Soares, 1999). Os resultados obtidos permitem relacionar positivamente a prática desportiva com a adaptação académica. No que diz respeito à caracterização da prática, o número de praticantes é idêntico ao de não praticantes, sendo que o motivo mais referenciado para não haver mais praticantes é a “falta de tempo”. Por outro lado, a exceção da dimensão “Interpessoal”, na qual não foi evidenciada nenhuma diferença estatísticamente significativa entre os estudantes praticantes de desporto e os estudantes não praticantes, o primeiro grupo comparativo apresenta níveis de adaptação em cada uma das dimensões, superiores ao segundo grupo. Para além disso, os estudantes praticantes apresentam um rendimento académico superior ao dos não praticantes. Podemos assim concluir que a prática desportiva assume um papel determinante na adaptação e rendimento académico.
The following study aims to understand how frequent are sports activities among university students, as well as its influence on different topics of their academic adaptation – personal, interpersonal, course-carreer, study and institucional (Almeida, Ferreira, & Soares, 2000). For this purpose, a sample of 130 students was asked to answer a questionnaire including sociodemographic, sports activity history and frequency questions, as well as the Questionário de Vivências Académicas – versão reduzida (Almeida, Ferreira, & Soares, 1999). The results show that the variables are indeed positively connected. Concerning the frequency of sports activity, there is an equal number of student-athletes and non-athletes, as the main reason selected by the latter is “lack of time”. On the other hand, almost every topic of academic adaptation has a statistically significant relation with sports activity. As such, student-athletes have higher scores of in every topic, excepting “Interpersonal”, where no statistical relation was found. In addition, student-athletes seem to achieve higher GPU scores than non-athletes. Therefore, sports activity may have an important role on academic adaptation and achievement.
URI: http://hdl.handle.net/11328/3130
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
exemplar_1924.pdf813.58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.