Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/2060
Title: A gestão pedagógica e sua influência no desempenho profissional: Estudo de caso em Benguela/Angola
Authors: Costa-Lobo, Cristina, orientador científico
Kweseka, Laurinda Alice Amaral
Keywords: Gestão escolar
Administração escolar
Processo docente educativo
Professor
School management
School administration
Teaching educational process
Teacher
Issue Date: 16-Nov-2017
Citation: Kweseka, L. A. A. (2017). A gestão pedagógica e sua influência no desempenho profissional: Estudo de caso em Benguela/Angola. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/2060
Abstract: Estado da arte: A gestão pedagógica tem sido um paradigma nos processos organizativos, promovendo insuficiências no desempenho profissional. Carece de um espírito democrático, que promove o bom desempenho entre os profissionais. Assim a gestão educacional carece de especialistas e gestores que atuem com competências e cientificidades, pois o que se tem vindo a registrar é uma gestão empírica assente na experiência e no tempo de serviço. A qualidade da gestão escolar reflete-se no desempenho dos professores. Objetivos: - Geral: Mediante a constatação da gestão autocrática presente na maior parte das instituições escolares angolanas, pretende-se trazer aos gestores angolanos propostas de modelos de gestão participativa, e para tal, com este estudo pretende-se analisar a gestão pedagógica e sua influência nos processos organizativos na Escola do Ensino Secundário do I Ciclo nº BG-2011Major Saydi Vieira Dias Mingas- Lobito/Benguela- Específicos: fundamentar teoricamente a gestão pedagógica e sua importância nos processos organizativos; descrever os modelos da gestão pedagógica e sua influência nos processos organizativos; avaliar a gestão pedagógica predominante na escola do I ciclo do Ensino Secundário nº BG-2011 Major Saydi Vieira Dias Mingas, no Município do Lobito/Benguela. Método: Numa população de 2.439 elementos, suprimiu-se de forma aleatória uma amostra constituída por um gestor geral, dois subgestores, um pedagógico e um administrativo, ambos do sexo masculino e 31 professores, dentre estes 18 professores são do sexo feminino, para o alcance dos objetivos preconizados, foram utilizados os seguintes métodos de investigação: análise documental, e matemático-estatístico com recurso a dados oriundos de inquéritos por questionário e por entrevista. Resultados: para obtenção de resultados de forma eficaz confiável, foram aplicados dois instrumentos de recolhas de dados: um inquérito por questionário submetido a 31 professores com perguntas fechadas e de múltiplas respostas, onde os resultados na sua amplitude demonstraram que na escola em referência predomina uma gestão pedagógica não participativa, ou seja, autocrática, e um inquérito por entrevista aplicada aos membros de direção com perguntas abertas - os entrevistados afirmaram que na escola existe uma gestão pedagógica participativa, mas infelizmente os funcionários não têm colaborado devidamente, não há uma relação satisfatória, entre os membros de direção e os funcionários, principalmente funcionários docentes. Conclusão: Tendo em conta o nosso problema de pesquisa e os objetivos delineadores deste trabalho, concluiu-se que a gestão predominante na escola em referência é consequência do mau desempenho profissional dos professores, o que tem influenciado diretamente no rendimento escolar dos alunos. O modelo de gestão adotado pelos gestores não tem sido a mais viável ou saudável, tudo, pelo facto da maior parte dos inquiridos afirmar que os gestores são demasiados autoritários e o autoritarismo é o protagonista de uma gestão centralizada, não participativa.
State of the art: Pedagogical management has been a paradigm in organizational processes, promoting insufficiencies in professional performance. It lacks a democratic spirit, which promotes good performance among professionals. Thus the educational management lacks specialists and managers who act with competences and sciences, because what has been registering is an empirical management based on experience and time of service. The quality of school management is reflected in the performance of teachers. Objectives: - General: Through the assessment of the autocratic management present in most of the Angolan school institutions, it is intended to bring to the Angolan managers proposals for participatory management models, and for this, this study intends to analyze the pedagogical management and its Influence on the organizational processes in the Secondary School of the 1st Cycle BG-2011 Major Saydi Vieira Dias Mingas-Lobito / Benguela.- Specifics: to theoretically base pedagogical management and its importance in organizational processes; Describe the models of pedagogical management and their influence on organizational processes; To evaluate the pedagogical management prevalent in the school of the I cycle of Secondary School nº BG-2011 Major Saydi Vieira Dias Mingas, in the Municipality of Lobito / Benguela. Method: A sample consisting of a general manager, two sub-managers, a pedagogical and an administrative staff, both males and 31 teachers, among whom 18 teachers are female, were randomly suppressed in a population of 2.439. The following research methods were used: documentary analysis, and mathematical-statistical analysis using data from questionnaire and interview surveys. Results: two data collection instruments were applied to obtain reliable results: a questionnaire survey of 31 teachers with closed questions and multiple answers, where the results in their amplitude showed that the school in question predominates Pedagogical management, that is, autocratic management, and an interview survey applied to management members with open questions - the respondents stated that there is participatory pedagogical management in the school, but unfortunately the employees have not collaborated properly, there is no relation Management members and employees, mainly teaching staff. Conclusion: Considering our research problem and the delineating objectives of this study, it was concluded that the predominant management in the school in reference is a consequence of poor professional performance of the teachers, which has directly influenced the students' school performance. The management model adopted by managers has not been the most viable or healthy, all because most respondents say that managers are too authoritarian and authoritarianism is the protagonist of a centralized, non-participative management.
URI: http://hdl.handle.net/11328/2060
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 591.pdf4.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.