Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1880
Title: A adoção de tecnologias de apoio à comunidade em educação especial
Authors: Machado, Eusébio André, orientador científico
Pinheiro, Ana Cristina Machado da Silva
Keywords: Educação especial
Multideficiência
Tecnologias de apoio à comunicação
Inclusão
Special education
Multideficiency
Communication support technologies
Inclusion
Issue Date: 19-Apr-2017
Citation: Pinheiro, A. C. M. S. (2017). A adoção de tecnologias de apoio à comunidade em educação especial. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1880
Abstract: O principal objetivo do presente estudo foi avaliar a importância das Tecnologias de Apoio à Comunicação no desenvolvimento das competências comunicacionais em alunos com Necessidades Educativas Especiais, como condição essencial da interação social e da inclusão. Enquadrámos teoricamente o problema mostrando a evolução dos conceitos ligados à Educação Especial e à Multideficiência, tendo em conta a importância decisiva atribuída pela comunidade científica à comunicação no processo ensino-aprendizagem. Optámos por uma abordagem metodológica de estudo de caso, centrado em duas unidades de apoio à educação de alunos com multideficiência, situadas num agrupamento de escolas na periferia do Porto. Os instrumentos de recolhas de dados foram a entrevista semiestruturada (n=7) e a pesquisa documental, cujos dados foram objeto de análise de conteúdo. De um modo geral, os participantes no estudo apresentaram atitudes próximas de uma perspetiva de integração e práticas centradas na diferença e assentes na deficiência. Não procuram desenvolver potencialidades nem criar competências de modo planificado e com base em metas predefinidas. Não usam as tecnologias de apoio à comunicação de modo planeado, em coordenação com o ensino regular e o contexto familiar, visando o desenvolvimento das competências de comunicação indispensáveis para a construção da autonomia e para a inclusão. É patente a ausência de formação específica e supervisionada dos elementos das equipas de educação especial. Constata-se ainda que, apesar das diretivas da administração central, a instituição escolar não está ainda imbuída da cultura necessária à promoção de uma verdadeira inclusão, não tendo um papel proativo na coordenação de esforços e na definição de metas que visem um ensino inclusivo.
The main objective of the present study was to evaluate the importance of Communication Support Technologies in the development of communication skills in students with special educational needs as an essential condition of social interaction and inclusion. The conceptual framework of the problem shows the evolution of concepts related to Special Education and Multideficiency, considering the decisive importance given by the scientific community to communication in the teachinglearning process. We adopted a methodological approach of case study, centred in two units of support to the education of students with multideficiency, located in a grouping of schools in the periphery of Porto. The instruments of data collection were the semistructured interview (n = 7) and the documentary research, whose data were elaborated by content analyses. The participants in the study presented, in general, attitudes close to integration perspective and practices based on difference and disability. They do not seek to develop potential or create skills based on predefined goals. They do not use communicational support technologies in a planned way, in coordination with regular education and the family context, aiming to develop communication skills. Those are indispensable in construction of autonomy and inclusion. Is evident the absence of specific and supervised training on elements of the team of special needs educators. We noted that, despite the central administration's directives, the school institution is not yet imbued with the necessary culture to promote true inclusion, and does not play a proactive role coordinating efforts or setting goals for inclusive education.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1880
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TME 564.pdf2.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.