Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1781
Title: Potencial criativo e processos cognitivos em crianças: Da identificação precoce às intervenções futuras
Authors: Costa-Lobo, Cristina
Sousa, Mafalda
Campina, Ana
Vestena, Carla Luciane Blum
Cuevas Cabrera, Jessica
Keywords: Potencial criativo
Processos cognitivos
Contexto escolar
EPoC
ECCOs
Creative potential
Cognitive processes
Scholar context
Issue Date: Jul-2016
Citation: Costa-Lobo, C., Sousa, M., Campina, A., Vestena, C.L.B, Cuevas, J.C. (2016). Potencial criativo e processos cognitivos em crianças: Da identificação precoce às intervenções futuras. Revista Diálogos Possíveis, 15(2), 65-93. Disponível no Repositório UPT, http://hdl.handle.net/11328/1781
Abstract: A agregação do potencial de criatividade e dos processos cognitivos tem sido defendida como necessária para a implementação de cenários pedagógicos promotores de aprendizagens significativas. Este estudo tem como propósitos verificar em que medida o potencial criativo está relacionado com os processos cognitivos, sinalizar implicações do treino do potencial criativo para as respostas educativas, analisar se o desempenho cognitivo nas provas de pensamento convergente e nas provas de pensamento criativo, aumentam ou diminuem com a idade/ano escolaridade das crianças, verificando que, caso existam diferenças, estão relacionadas com a natureza cognitiva das provas. Os dados discutidos dizem respeito a informações obtidas com amostra não probabilística de conveniência, constituída por 30 alunos que frequentam o Ensino Básico português, em contexto público, no Norte do país. A recolha de dados decorreu entre Dezembro 2015 e Abril de 2016. Como principais resultados destaca-se que as provas que avaliam processos cognitivos centrados na compreensão e no raciocínio estão fortemente correlacionadas entre si e praticamente não estão relacionadas com as provas que avaliam os processos cognitivos da criatividade. Quando correlacionados os resultados obtidos nas provas de pensamento criativo verificou-se a existência de correlação mais elevada entre os resultados destas provas do que entre os resultados destas provas e os resultados das provas de QI. Destaca-se a existência de coeficientes distintos consoante a tipologia de pensamento e o tipo de conteúdo. Embora os resultados não sejam totalmente esclarecedores em alguns domínios épossível afirmar que é praticamente inexistente a relação entre os processos cognitivos, avaliados pela ECCOs, com o potencial criativo, avaliado pela EPoC. Deste modo, os resultados são satisfatórios e encorajadores para trabalho e investimento na temática, sendo este tema alvo de interesse ao nível da intervenção psicoeducativa e uma prioridade na investigação ao nível do potencial de criatividade e ao nível dos processos cognitivos. Este estudo contribuiu para a identificação precoce de dificuldades de aprendizagem, assim como para a criação de intervenções futuras, quer a nível psicológico quer a nível educacional.
Sternberg (2012) defines creativity like the form of autonomous, authentic and productive reasoning. Creative potential refers to a latent capacity to produce novel, original and contextually appropriate work (Lubart, 2014). EPoC is an Evaluation of Potential Creativity, designed for children and adolescents. It measures divergent-exploratory creative thinking and convergent-integrative creative thinking in several domains of creative activity and ECCOs 4/10 evaluate various cognitive functions. Purpose of Study: To check in what measured the cognitive processes are connected with the creative potential, through the application of the batteries EPoC and ECCOs; to signal implications of the training of the creative potential for the educative answers; to analyse if in the proofs of convergent thought, valued through the battery ECOOs, and in the proofs of creative thought, valued through the battery EPoC, they increase the cognitive performance or they reduce with the age / year schooling of the children, checking what if they exist you distinguish, they are connected with the cognitive nature of the proofs. Methods: Sample constituted by 30 pupils who frequent the 1st, the 2nd and the 4th year of the 1st cycle of Portuguese basic teaching, in public context, in the North of the country. Findings and Results: The proofs that value cognitive processes centered in the understanding and in the reasoning (IQ) are strongly correlated between themselves and practically they are not connected with the proofs that value the cognitive processes of the creativity. The existence of different coefficients stands out according to the typology of divergent thought and the type of content. Conclusions and Recommendations: These results show up the necessity of the educative institutions to bet more and more in the capacity of the services of psychological intervention promoters of the development of the creative potential as well as of the development of the cognitive processes, in articulation continued between faculty and the services of psychology.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1781
ISSN: 1677-7603
Appears in Collections:INPP - Artigos em Revistas Internacionais / Papers in International Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
POTENCIAL CRIATIVO E PROCESSOS COGNITIVOS.pdf661.07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.