Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11328/1070
Title: O impacto da satisfação política e proteção social na satisfação com a vida em Portugal e Suécia: um estudo com base no European Social Survey.
Authors: Oliveira, Vânia Isabel Alves de
Keywords: Portugal
Suécia
Modelos político-sociais
Protecção social
Satisfação com a vida
Sweden
Political and social
Models
Social protection
Life satisfaction
Issue Date: Mar-2014
Publisher: Universidade Portucalense
Citation: Oliveira, V.I.A. (2014). O impacto da satisfação política e proteção social na satisfação com a vida em Portugal e Suécia: um estudo com base no European Social Survey. (Dissertação de Mestrado), Universidade Portucalense, Portugal.
Abstract: A satisfação com a vida diz respeito à avaliação subjectiva e individual das condições de vida, estando assim dependente de inúmeros factores (Diener, 2000), entre eles, com o regime político social e respectivas medidas de protecção social (Seidl & Zannon, 2004), que serão alvo de atenção particular no presente estudo. De acordo com Radcliff (2001), a satisfação com a vida está muito relacionada com o tipo de Modelo Político-Social, sobretudo com a capacidade deste prover bem- estar social através de políticas que assegurem níveis condignos de vida, independentemente da participação no mercado de trabalho. Desta forma, o presente trabalho apresenta como principal objectivo estudar a satisfação com a vida, em países com realidades político sociais tão distintas como Portugal e Suécia. Mais concretamente, pretende-se perceber até que ponto a satisfação com a vida, nossa variável dependente, é explicada com a satisfação política, assim como a satisfação e sensação de “protecção social”, transmitida por cada regime político vigente nos países alvo. Assim sendo, todo o trabalho de investigação centrou atenção nestas variáveis, tendo sido construídas três escalas/dimensões, através de itens da base de dados do European Social Survey- 2008, para avaliar a relação e o poder preditivo destas, na variação da “Satisfação com a Vida”. Identifica-se neste estudo, como variável dependente a “Satisfação com a Vida”, que é constituída por dois itens do inquérito, e como variáveis independentes, “variáveis sociodemográficas” (género, idade e habilitações literárias), e duas dimensões, das quais uma é relativa à “Satisfação Política”, constituída por 6 itens que procuram aglomerar numa só dimensão, a confiança e a satisfação relativamente à estrutura politica (políticos, partidos, governos e funcionamento da democracia), e outra, relativa à satisfação com as medidas de “Protecção Social”, constituída por 5 subdimensões (“Responsabilidade_Governo”, “Situação_Atual”, “Benefícios_Sociais”, “Situação_Social” e “Situação_Futura”), que procuram englobar a satisfação com os diferentes serviços e apoios sociais providos pelo Estado, tais como, saúde, educação, pensões e segurança social. Os resultados permitiram verificar que de facto, o tipo de regime político-social, interfere na avaliação da satisfação com a vida, sendo os Suecos os mais satisfeitos com a vida, com o regime político e com as medidas de segurança social do seu país, comparativamente aos Portugueses. Destaca-se ainda que entre todas as variáveis preditoras, aquelas que mostraram ter maior poder preditivo foram, a preocupação com a situação financeira familiar futura, como não vir a ter dinheiro para despesas mensais e cuidados de saúde no sentido negativo; e a satisfação com o estado da economia, com o funcionamento do sistema político e com os serviços serviço de saúde e educação, no sentido positivo.
The satisfaction with life , concerns the individual and subjective living conditions assessment, and are thus dependent on many factors ( Diener, 2010) , between them , what is the target of this study , satisfaction with the political system and its social measures social protection ( Zannon & Seidl , 2004) . According to Radcliff (2001), life satisfaction is strongly related to Model Social Politician, especially the possibilities of providing social welfare through policies that ensure decent standards of living, regardless of participation in the labor market. This study aims: study life satisfaction in countries with different social and political realities Portugal and Sweden. More specifically, we want to know the extent to which life satisfaction, our dependent variable, is explained with satisfaction policy, as well as the feeling of "social protection" transmitted by each political regime. Therefore, all research focused attention on these variables , three scales / dimensions have been established through items from European social survey 2008 , to assess the relationship and predictive power of these , the variation of the " Satisfaction with Life. " In this study the dependent variable is the " Life Satisfaction " , which consists of two items on the survey, and as independent variables , "sociodemographic Variables " ( Gender , age and educational level ) , and two dimensions. One is on the "Satisfaction Policy” consisting of 6 items seeking clustering in one dimension , confidence and satisfaction with the policy ( politicians, political parties , governments and democracy ) structure , and another on the satisfaction measures " Social Protection" , consists of 5 sub-dimensions ( "Government Responsibility ", " Present Situation","Social Benefits", "Social Situation" and "future Situation"), trying to group the satisfaction with the various services and social support provided by the state , such as health, education, pensions and social security . Results indicate that, in fact the model of political and social system hinders the assessment of life satisfaction, the Swedes are more satisfied with life , with the political regime and the measures of social security from their country compared to the Portuguese. Among all predictor variables, those that have been shown to have greater predictive power, is the concern for future family financial situation , as not likely to have money for monthly expenses and health care in the negative direction , and satisfaction with the state of the economy , the functioning of the political system and the services of health and education services in the positive direction.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia na área de Clínica e da Saúde.
URI: http://hdl.handle.net/11328/1070
Appears in Collections:INPP - Dissertações de Mestrado / MSc Dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TMPS 39.pdf960.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.